A Felicidade

Amor Verdadeiro
Sossego – Amor Verdadeiro
setembro 22, 2016
Vídeo Clipe
Making Off do CD Final Feliz
setembro 29, 2016

Vamos lá,
vou tentar de vez em quando postar algum texto aqui sobre o que eu penso da vida e do meu relacionamento com Deus. Das coisas que eu tenho visto e vivido.
Se for proveitoso pra alguém, já terá valido a pena! Vamos falar sobre Felicidade

Sobre o Final Feliz…

Vou estrear o blog falando um pouco sobre um tema referente a música que dá título ao meu primeiro disco. (Lançado de forma independente em 2015 e pela Sony Music Gospel em 2016)

Final Feliz” foi composta em 2010 quando ainda morava no interior de SP, em uma cidade muito pequena chamada Engenheiro Coelho. O violão que eu tinha era muito ruim, mas ainda assim era um bom amigo. Como poucas vezes na minha vida, essa canção levou aproximadamente duas horas e meia a três para ficar pronta. (Isso não é normal pra mim, geralmente fico dias ou meses em cima de uma canção)

Ela trata de um tema muitas vezes distorcidos por nós, religiosos, e por consequência nocivo, se entendido de forma errada.

Normalmente quando pensamos em felicidade temos duas vertentes fortes; uma verdadeira, porém na maioria das vezes sem nenhum efeito direto em nossa vida e a outra falsa e frustrante.

A primeira se refere ao fato de acreditar que seremos felizes de fato somente quando Jesus voltar. Que a felicidade, enquanto vivemos aqui, não é possível. Meu problema com esse pensamento é que isso não me motiva. Essa ideia não gera em mim mudança de postura, pois está longe. Como viver sabendo que serei feliz só lá no céu!!!! Você consegue viver assim?? Eu tenho dificuldade de aceitar isso, embora saiba que os problemas deste mundo só irão acabar com a volta de Cristo, eu quero ser feliz aqui sim! E eu sei que você também quer!

A segunda ideia é mais comum e talvez a que mais cause danos a nossa vida. Pensamos que felicidade está sempre no momento que conquistamos coisas, pessoas ou poder. Esse conceito de felicidade e muito frágil!

Veja, o que acontece quando você chega no objetivo perseguido?  Você cria outro!! E passa a vida na tentativa de ser feliz! Muito complicado isso, não? A cada dia que passa eu percebo que muitas das nossas frustrações existem porque nos debruçamos sobre um conceito de felicidade errado.

Uma felicidade fantasiosa contada como nas histórias de Hollywood. Sempre com um final lindo e emocionante.  Quem sabe até uma das culpadas em alimentar isso em nós seja a tal “fábrica de sonhos”. Só que na vida real pensar assim não é saudável para nossa mente.

Quanto mais fantasia mais frustração

Quanto mais ilusão mais depressão quanto mais eu abraço a ideia de que pra ser feliz eu preciso de coisas ou pessoas eu tenho menos capacidade de lidar com a vida e com meus sentimentos.

Quando eu olho para os personagens da Bíblia não vejo finais felizes. Sim isso é um fato.

Moisés, Sansão, Izaías, Oséias, João Batista. Nenhum dos discípulos foi feliz de acordo com o nosso padrão de felicidade. Em nossos dias não há ninguém que não sofra da ilusão da felicidade fantasiosa. Mas eu não quero te desanimar. Calma! Em Jesus, felicidade não é um estado de euforia, mas é uma serenidade segura. Serenidade de saber que mesmo com muitos problemas, eu tenho paz, pois Ele já venceu por mim.

Em João 16 Cristo fala aos seus discípulos tudo que eles iriam sofrer em nome dele. Jesus não diz que será fácil, que apenas porque conviveram juntos não haveriam de sofrer. Ele termina o capitulo 16 dizendo:

Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu venci o mundo.

Felicidade em Jesus é beeem diferente, veja Mateus 5:3 a 11:

Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. Felizes as pessoas que choram, pois Deus as consolará. Felizes as pessoas humildes, pois receberão o que Deus tem prometido.  Felizes as pessoas que têm fome e sede de fazer a vontade de Deus, pois ele as deixará completamente satisfeitas. Felizes as pessoas que têm misericórdia dos outros, pois Deus terá misericórdia delas. Felizes as pessoas que têm o coração puro, pois elas verão a Deus. Felizes as pessoas que trabalham pela paz, pois Deus as tratará como seus filhos. Felizes as pessoas que sofrem perseguições por fazerem a vontade de Deus, pois o Reino do Céu é delas. Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês por serem meus seguidores.

Felicidade é a alegria da comunhão com o Pai

Independente da situação. Quem encontra o que Jesus chama de felicidade nunca mais perde nada. Sente saudade mas não se entristece, sente dores mas não é vencido pode ser abatido mas nunca será derrotado. Felicidade é a consciência grata dentro de nós.  A maneira de Cristo nos mostrar felicidade é quebrando nossos castelos de ilusões. É nos dizendo a verdade!!

Nossa depressão física e espiritual são frutos das nossas ilusões na maior parte das vezes.

Por mais difícil que seja esse tipo de felicidade, eu ainda prefiro acreditar e me servir dela, pois ela me faz ter uma coisa que acho ser um outro tipo de felicidade: Paz, que excede todo o entendimento!